Viajar de carro em Portugal: estradas, segurança, pedágio

Viajar de carro em Portugal é das coisas que mais gosto de fazer, mesmo antes de vir morar aqui.

Nos últimos 30 anos o país expandiu suas auto estradas e diminuiu o tempo de deslocamento de quem circula de Norte à Sul.

Como é viajar de carro em Portugal

 

Auto estradas

As auto estradas são vias expressas que foram construídas para de certa forma “desafogar” o fluxo de carros nas estradas nacionais e as horas perdidas de viagem.

Você sempre identificará uma via expressa pela inicial A. E provavelmente percorrerá algumas delas em sua viagem.

As auto estradas com maior percurso e consecutivamente mais utilizadas e conhecidas por turistas são: A1 com 301km e que liga Lisboa ao Porto, A2 com 240km que liga Lisboa à Albufeira e A4 com 223km que liga Porto/Matosinhos à Quintanilha passando pela região do Alto Douro.

Embora seja uma via expressa, aqui você não poderá ultrapassar o limite de 120km/h. Então, mesmo se a estrada te encorajando a acelerar, não faço isso, a menos que você queria desembolsar valores que vão dos 120€ aos 600€ dependendo de quantos kms você exceder o limite.

Como é viajar de carro em Portugal
Como é viajar de carro em Portugal

Estradas Nacionais

As nacionais são conhecidas pela inicial N seguida do número, por exemplo a N222 que é a estrada que liga Peso da Régua ao Pinhão no Douro.

 O seguro viagem é obrigatório em Portugal. Faça uma cotação, utilize o código VIAJAPEDIA5 e ganhe 5% de desconto.
São estradas sem portagens (pedágios) e que dão acesso a todas as pequenas vilas e localidades menores que não abrangem as auto estradas. Como foi o caso citado acima da N222, por exemplo. Quem deseja ir ao Douro à partir do Porto deverá pegar a auto estrada até Peso da Régua e de lá pegar a estrada nacional para percorrer pelas diversas localidades à beira do rio Douro.
Você também pode usar apenas as estradas nacionais, como era feito antigamente, mas, leve em conta que nessas estradas a velocidade máxima permitida deverá ser entre os 50km aos 90km dependendo da sinalização. E que embora não haja portagens, há os chamados “pardais” que multam por excesso de velocidade.

+ Alugue carro no exterior sem IOF, com pagamento em até 12x no cartão ou com desconto à vista no boleto bancário.

Pedágios

Outra coisa a se considerar quando for usar as auto estradas são as portagens, ou seja, pedágios. E há dois tipos deles: pórticos (feitos de forma eletrônica) e cabines de portagens (com guichês para pagamento direto ou pista expressa para aderentes do Via Verde).

Os valores dos pedágios são calculados pelo trecho que você utilizou da estrada, e poderá sempre calcular previamente no site do Portal de Estradas. Se tiver a Via Verde no carro, poderá passar na área indicada pela Via Verde, caso contrário nas estradas com cabines de portagens deverá sempre retirar o ticket ao aceder a estrada e guardá-lo até o guichê de saída da auto estrada, pagando assim o pedágio relativo ao trecho percorrido.

Nos pórticos eletrônicos onde não há guichê para pagamento, o controle é feito pela placa do veículo caso não tenha a Via Verde e neste caso você deverá ir até uma loja dos correios/ CTT no prazo de 5 dias úteis após a data que foi feita a cobrança da portagem para efetuar o pagamento.

Para evitar desgastes e desperdício de tempo em sua viagem, recomendo muitíssimo que caso opte por alugar um carro em Portugal adquira junto à locadora o token da Via Verde, pois assim poderá percorrer todas as estradas tranquilamente e até acessar estacionamentos e pagar no cartão de crédito no fim da sua viagem junto à empresa que alugou o veículo.

*se for viajar por Portugal com carro estrangeiro (Espanha, França…entre outros países), deverá consultar o serviço Via Verde Visitors, um serviço de Via Verde temporário para carros com matrícula estrangeira onde o cartão é associado ao seu cartão de crédito ou obter um Toll Card junto à CTT, que funciona como um cartão pré-pago com valores de 5€, 10€, 20€ e 40€ e fica associado à matrícula do veículo. Toda vez que acessar um pórtico automático este valor será automaticamente debitado do saldo.

Segurança

Em questões de segurança as estradas em Portugal estão muito bem preparadas e sinalizadas. Com escapes de emergência caso perca o freio, áreas de serviço com posto de gasolina, lojas de conveniência, iluminação adequada, indicativos de trechos onde a visibilidade pode ser afetada pela neblina e indicativos da velocidade do vento em estradas elevadas.

Neste quesito não tenho do que me queixar e tenho a certeza que se pretende fazer uma viagem de carro, encontrará vias muito bem preparadas.

Leia Também

+ Roteiro de 3 dias no Porto
+ 3 destinos bate e volta à partir do Porto
+ 10 locais incríveis para visitar no Douro
+ Roteiro de 7 dias na Andaluzia
+ O que fazer em Amarante
+ O que fazer em Vidago

 Você sabia que para entrar na Europa, nos países que fazem parte do Tratado de Schengen é obrigatório o seguro viagem? Além dos 27 países da Europa, em Cuba e Venezuela o seguro também é obrigatório. Mas é altamente recomendado a contratação de seguro viagem para toda viagem internacional. Em um episódio recente em uma viagem ao Chile, uma pneumonia na estação de ski agravada pela altitude quase nos fez desembolsar U$10.000 se não fosse o seguro viagem que havíamos contratado. Você pode fazer uma cotação aqui sem compromisso e caso queira fazer a contratação ainda tem o benefício de ganhar 5% de desconto com o cupom VIAJAPEDIA5.

3 Comments

  1. Isabela,
    Estaremos em Portugal em janeiro e nossa primeira parada é Porto.
    Desejamos ir à Ourense que é a cidade dos bisavós do meu esposo.
    Vale mais a pena alugar carro ou contratar um motorista/ táxi para ir?
    E Serra da Estrela? A dúvida é a mesma…. carro ou serviços de transfer?
    Nossa filha de 9 anos estará conosco.
    Obrigada

    1. Oi, Bárbara!
      Eu sempre prefiro a comodidade do carro, ainda mais em países como Portugal e Espanha onde há cidadezinhas pitorescas no caminho.
      Táxi acho quase inviável de conseguir algum que faça o trajeto, e caso consiga, será uma pequena facada.
      Para Ourense há a opção de pegar um trem no Porto até Vigo e caso prefira, alugar um carro já na Espanha e ir de lá. Caso alugue no Porto, não esqueça de avisar à empresa que sairá do país.
      Em Ourense existe uma pequena vilazinha chamada Allariz que inclusive já falei dela aqui no blog neste link http://www.viajapedia.com/allariz-outlet-galicia.html, é charmosa e bem petinho do centro e à caminho de quem vai do Porto.
      Na Serra da Estrela minha dica é a mesma, ir de carro. As estradas são muito bem sinalizadas e você ainda poderá desbravar as aldeias ao redor da Serra, como Piódão.
      espero ter ajudado, beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *