Roteiro de 2 dias em Milão

Um roteiro de 2 dias em Milão é o período suficiente para captar a essência da cidade passando pelos pontos mais emblemáticos da capital da moda e do design.

 O seguro viagem é obrigatório na Europa. Faça uma cotação, utilize o código VIAJAPEDIA5 e ganhe 5% de desconto.
Destino subestimado por muitos que viajam pela Europa, Milão para mim foi surpreendente e não poupei elogios à cidade nas fotos e stories que partilhei no Instagram no período que lá estive. Definitivamente pude perceber que em uma viagem o que torna o local encantador é a forma como você o trata ou em claras palavras: as expectativas não estarem nem muito altas ou demasiadas baixas.

E neste roteiro de 2 dias em Milão te convido a conhecer a cidade sob um olhar diferente e a esquecer tudo o que já ouviu seja de bom ou de ruim.

Roteiro de 2 dias em Milão

Dia 1

Brera
Castello Sforzesco, Parco Sempione, Arco della Pace
Teatro Scala, Galleria Vittorio Emanuele, Duomo di Milano
Quadrilatero della Moda
Navigli

Dia 2

Porta Garibaldi, Piazza Game Aulenti, Bosco Verticale
Eataly

Roteiro detalhado dia à dia

Vamos supor neste roteiro de 2 dias em Milão que tua chegada seja à noite de sexta-feira e partindo no domingo à tarde, assim como o meu fim de semana por lá.

Sexta-feira

Check-in no hotel para deixar as malas e partir para a programação noturna, afinal, quando em Itália opções boas de bebidas não faltam.

O  Terrazza Aperol fica na Piazza del Duomo e já se tornou um ponto turístico pela vista maravilhosa da Catedral que mesmo no inverno pode ser apreciada da parte externa com o conforto de mantinhas e aquecedores.

roteiro de 2 dias em Milão
Vista privilegiada do Terraza Aperol

O aperitivo lá custa 13€ e vem ricamente acompanhado de salada, massa, bolinhos e batatas fritas.

*aperitivo na Itália é um espécie de happy hour onde você paga pela bebida e vem sempre acompanhado de comidinhas.

Sábado

Agora que de fato a programação começa. Nós nos hospedamos em um airbnb muito bem localizado de frente para a Porta Garibaldi e próximo das estações de trem, metrô e estrategicamente posicionado ao lado do Eataly. Caso também deseje se hospedar em um airbnb, pode fazer o cadastro através deste link e ganhar 35€ em crédito para reservar teu apartamento por lá.

Hospedagens que indico nesta região:

 

Minha sugestão para iniciar o dia é no Brera Design District. Charmoso e com excelentes opções de cafés para romper o jejum ou apenas sentar e observar a vista caso já tenha café incluído na diária do hotel.
Eu, como gosto de conhecer cafés bonitos e aconchegantes pelo mundo e ver o cotidiano da vida local, sempre dispenso o café da manhã do hotel, caso tenha que pagar por ele.

Experimentamos o Panarello pelos seu famoso cannoncino (doce típico com recheio de ovos), mas também fomos conhecer o Princi e o Moleskine Café que ficam igualmente próximos no decorrer da Corso Garibaldi.

A rua mais emblemática do Brera é a de nome Via Brera. Lá está a Pinacoteca di Brera, o Bar Brera e o Orto Botânico di Brera.

Seguindo o percurso da Via Brera você chegará na região da Galleria e da Duomo, mas sugiro deixar estas atrações para o período da tarde e ao invés de seguir descendo, virar à direita rumo à Piazza Castello.

Como o próprio nome sugere, é nesta região que está o Castello Sforzesco. Uma fortaleza medieval cercada de museus históricos e artes de Da Vinci e Michelangelo.

Por ali está o Parco Sempione, um parque grande com lago, fontes e monumentos e ainda um Aquário Público pequeno, mas interessante para quem viaja com crianças.

roteiro de 2 dias em Milão
Pose de blogueirinha no Arco della Pace

No fim do passeio pelo parque chega-se ao Arco della Pace, uma espécie de Arco do Triunfo dedicado à paz e feito a pedido de Napoleão.

Deste ponto você poderá pegar o bonde de linha número 1, ir até a Estação Cadorna e pegar o metrô linha 1 sentido Duomo ou ainda caminhar até lá, pois em Milão tudo é facilmente percorrido à pé.

Chegando na Duomo… fotos, fotos e mais fotos né? Mas só fique atento as pessoas oferecendo fitinhas, e coisas do gênero, é cilada Bino!

A parada para almoço é rápida mas saborosa, e você decide entre o panzerotti do Luini ou a pizza do Spontini. Duas opções deliciosas e baratas para segurar a fome e continuar o passeio.

roteiro de 2 dias em Milão
Galleria Vitorio Emanuele

Depois do estômago forrado, o roteiro fica por tua conta para percorrer a Galleria Vitorio Emanuele, conhecer o Teatro Scala, andar pelo entorno da Piazza Duomo, conhecer a catedral por dentro, apreciar o terraço e ver a vista magnífica do Museo del Novecento. E depois seguir o fluxo até o Quadrilatero della Moda na Via Monte Napoleone e entorno.

roteiro de 2 dias em Milão
Duomo di Milano

No final da noite recomendo ir até a região de Navigli para um aperitivo seguido de jantar em um dos muitos bares e restaurantes da região.

Domingo

Dia de despedida mas também de visitar a região moderna de Milão.

Um café tardio na 10 Corso Como, que além de café, bar e restaurante também é uma loja moderdinha e foi uma dica maravilhosa que vi no Instagram da Magê do Milão nas Mãos. Ah e fica a dica viu, o blog da Magê tem tudo o que vocês precisam saber sobre a cidade.

roteiro de 2 dias em Milão
Piazza Game Aulenti

Da Corso Como já se pode observar a Piazza Game Aulenti, um centro comercial moderno, com prédios modernos e espelhados. E de lá mesmo também chegamos ao Bosco Verticale, que nada mais é que outro edifício com jardins nas varandas e que faz um conjunto bem bonito de ser apreciado.

Por fim, seja para a última refeição em Milão ou apenas para compras de souvenirs e comidas italianas deliciosas, uma volta no Eataly.

Dica Extra:

Nós preferimos um almoço tardio na Estação Central de Milão enquanto esperávamos o trem rumo ao aeroporto. Almoçamos no Obicà Mozzarela Bar e nem preciso contar que foi por causa da vista né? Mas a massa e a pizza foram aprovadas! 🙂

 Você sabia que para entrar na Europa, nos países que fazem parte do Tratado de Schengen é obrigatório o seguro viagem? Além dos 27 países da Europa, em Cuba e Venezuela o seguro também é obrigatório. Mas é altamente recomendado a contratação de seguro viagem para toda viagem internacional. Em um episódio recente em uma viagem ao Chile, uma pneumonia na estação de ski agravada pela altitude quase nos fez desembolsar U$10.000 se não fosse o seguro viagem que havíamos contratado. Você pode fazer uma cotação aqui sem compromisso e caso queira fazer a contratação ainda tem o benefício de ganhar 5% de desconto com o cupom VIAJAPEDIA5.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *